Você sabe o que é BPMS?

By 19 de junho de 2019Blog

Você sabe o que fazer quando busca tirar aquele projeto do papel e “dar vida” a ele? Neste blog, mostraremos o conceito do Business Process Management System – BPMS – que traduzido seria o sistema de gerenciamento e processos de negócio. Além disso, saberemos quais as vantagens de se adotar essa tecnologia na sua empresa.

E para enriquecer o nosso conhecimento sobre o conteúdo desta matéria, contamos com a ajuda do nosso especialista Diovani Luiz Merlo, profissional com certificado com o Certified Business Process Professional –
CBPP (traduzindo para o português, Profissional certificado de processos de negócios) pela Association of Business Process Management Professionals –
ABPMP desde 2011, o qual sabe tudo e mais um pouco de BPMS, para dissertar sobre esse software que o mesmo enfatiza que trata-se de uma tecnologia da informação que tem como principal objetivo a automatização de processos de negócio a partir de modelagem/desenho com a notação Business Process Model and Notation – BPMN, também conhecido como gerenciamento de processos de modelo e notação.

Ainda segundo o especialista, se pudéssemos resumir em uma frase, o que caracteriza essa solução, seria a possibilidade de automatizar processos de negócio que, anteriormente ficavam registrados em papel como fluxogramas e outras notações e que agora podem se transformar em software guiados diretamente pelos processos de negócios. Entretanto, existe um equívoco muito frequente entre as pessoas na hora de definir os objetivos de cada tecnologia.

É muito comum confundir o Business Process Management –  BPM (gerenciamento de processos de negócio) com o BPMS. Mas de acordo com o BPM CBOK versão 3, criado pela associação internacional de profissionais de BPM, o BPM é a técnica, ou seja, o método e o BPMS a ferramenta.

Segundo Diovani, uma tecnologia de BPM associada a um BPMS se diferencia das soluções tradicionais de software principalmente porque ela tem como objetivo automatizar processos de negócio e não desenvolver sistemas da informação tradicionais. Ou seja, apesar de uma solução de BPMS ser e produzir também software, o objetivo final não são os sistemas em si, mas trazer melhorias aos processos de negócio através não da substituição dos sistemas transacionais legados mas da melhoria na organização na forma como os processos de negócio são executados e em que pontos desses processos os sistemas transacionais são realmente necessários.

Fica fácil de entender quando se tem um especialista do nosso lado, não é verdade?

Mas lembre-se, é necessário traçar um objetivo para o software. Sendo assim, a tecnologia qualifica, mapeia e automatiza qualquer processo de uma empresa, fazendo com que as estratégias sejam executas, os objetivos de negócio sejam alcançados e as metas atingidas.

Quando falamos sobre BPMS, os benefícios são dos mais variados. Por isso, vamos exemplificar, em partes, as vantagens de contar com o software:

  • Para a companhia, é notório que a responsabilidade e conhecimento sobre os processos, com feedbacks mais ágeis, qualificando a execução dos mesmos como um todo;
  • Para o cliente, o software atua no que diz respeito a atuação no foco do cliente, atendendo as necessidades do mesmo e automatizando seus processos, implicando na satisfação do mesmo;
  • Já com relação aos gestores, cabe a análise no comportamento do BPMS no planejamento da empresa, estudando a sua performance e suas projeções nas ações da companhia, e consequentemente, aprimorando os objetivos;

Enfim, os benefícios são fundamentais para que a empresa evolua sua maturidade. A automatização nos processos da empresa com o BPMS gera menos atrasos em respostas e maiores controles e monitoramentos para uma atuação proativa e não reativa das esferas táticas e estratégicas da empresa.

E você? Tá esperando o que para contar com esse software que só vai deixar a sua empresa na frente das demais?